Uma carta para a Mãe Natureza

Uma carta para a Mãe Natureza
Max More
Agosto de 1999
Traduzido por Ataliba Teixeira

Cara Mãe Natureza:

Desculpe por perturbá-la, mas nós seres humanos – seus filhos – viemos até você com algumas coisas para dizer. ( Talvez você possa repassar isto para o Pai,
pois nós nunca o conseguimos enxergar perto de nós ). Agradecemos pelas
qualidades maravilhosas que você tem conferido a nós, com sua lenta, mas maciça, inteligência distribuida. Você nos evoluiu de simples processos químicos
replicantes a mamíferos de alguns trilhões de células. Você nos conferiu uma
liberdade enorme para viver neste planeta. Você tem nos dado uma longa vida,
que transpõe a maioria das existências dos outros animais da Terra. Você nos
potencializou com um cérebro capaz de formatar línguas, capaz da razão,
previsão, curiosidade e criatividade. Capacitou-nos a entender a nós mesmos, e
causar uma empatia aos outros.

Transhumanismo

Mãe Natureza, nós somos verdadeiramente muito gratos pelo que tem feito por nós. Entretanto, com o devido respeito, nós devemos dizer que você, em muitos
pontos, tem executado um trabalho muito pobre com a constituição do ser humano.

Você nos fez vulneráveis a doenças e ao prejuízo que as mesmas nos causam.

Vocênos leva a morte através do envelhecimento, na idade onde estamos mais sábios.

Você foi miserável na extensão em que conhecemos nossos processos cognitivos,
somáticos e emocionais. Você nos privou de sentidos tão aguçados quanto os de
alguns animais. Você nos deu uma funcionalidade somente dentro de pequenas
variações de condições ambientais. Você nos deu uma memória limitada, e um
péssimo controle sobre nossos impulsos e os tribalísticos desejos xenofóbicos.
E, além de tudo, esqueceu de nos fornecer o manual de operação de nós mesmos !

O que você tem feito por nós, é glorioso, mas ainda falho. Parece que você
perdeu o interesse em nós, pois não há evolução desde 100.000 anos atrás. Ou
talvez, você tenha nos dado um tempo, esperando que nós tomemos as rédeas paranossa evolução. Este é um outro caminho, para que possamos alcançar o fim denossa infância.

Nós decidimos que agora é a hora para atualizarmos toda constituição humana.

Nós não iremos fazer isto nos achando “os iluminados”, desrespeitosamente,
ou descuidadamente, mas sim, cautelosamente, inteligentemente, recheados com
extrema criatividade. Nós pretendemos fazer você orgulhosa de nós. Nas próximas décadas perpetraremos uma série de mudanças para nossa constituição, iniciadas principalmente com as ferramentas da biotecnologia guiadas por um crítico e criativo pensamento. Em particular, declaramos as sete seguintes atualizações a constituição humana :

Atualização No.1 : Nós não vamos mais tolerar a tirania do envelhecimento e
morte. Através de alterações genéticas, manipulações celulares, orgãos
sintéticos, e quaisquer outros meios necessários, nós nos presentearemos com
uma vitalidade duradoura e removeremos assim, nossa data de validade. Nós
iremos decidir quanto tempo de vida será necessário a cada um de nós.

Atualização No.2 : Nós expandiremos nossa capacidade perceptiva através da
biotecnologia e meios compuatacionais. Nós procuraremos exceder as capacidades perceptivas de outras criaturas vivas, e para imaginar isto tudo de um meio romanceado, expandir nossa capacidade de entender o mundo a nossa volta.

Atualização No.3 : Nós melhoraremos nossa organização neural e capacidade,
expandindo nossa capacidade de memória, e acentuando nossa inteligência.

Atualização No.5 : Nós não seremos mais escravos dos nossos genes. Nós
tomaremos o controle de nossa programação genética e alcançaremos assim o
domínio dos nossos processos biológicos e neurológicos.
Nós reformataremos todos os indivíduos e todos os defeitos inerentes a nossa
evolução por seleção natural. Não contentes somente com isto, nós procuraremos
escolher toda pessoa com uma forma e uma função, refinando e aumentando nossos dons intelectuais e físicos, além dos de qualquer ser humano na história.

Atualização No.6 : Nós vamos ainda, prudentemente, maos ao mesmo tempo
arrojadamente, reprojetar nossos modelos motivacionais e respostas emocionais
ao longo de todo nosso caminho como individuos, para tornar-nos mais saudáveis
. Nós procuraremos também melhorar os excessos emocionais típicos do ser
humano, tornando assim nossas emoções mais refinadas. Nos fortaleceremos e
assim, poderemos deixar de ser levados por incertezas dogmáticas, removendo
todos os obstáculos emocionais para as correções racionais que iremos aplicar
a nós mesmos.

Atualização No.7 – Nós reconhecemos sua genialidade em usar compostos baseados em carbono para nos dsenvolver. Mas nós não nos limitaremos somente ao processos intelectuais, físicos e capacidades emocionaispara permanecer como simples organismos biológicos. Quanto mais perseguirmos o domínio sobre nossa bioquímica, e cada vez mais integraremos tecnologias aos nossos corpos.

Essas atualizações a nossa constituição nos evoluirão para a condição de
ultrahumanos. Nós acreditamos que este ultrahumanizado indivíduo permitirá a
nós, formar relacionamentos, culturas, e políticas de inovação sem antecedentes
, ricas e libertárias, recheadas de responsabilidade.

Nos reservamos o direito de executar estas atualizações coletivamente ou
individualmente. Ao invés de procurar um estado de perfeição permanente, nós
continuaremos perseguindo novas formas de excelência segundo nossos valores de cada época, e como a tecnologia permitir.

Dos seus ambiciosos filhos,

© Max More, 1999